Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2016

Comunidades presbiterianas: "culto moderninho" ou "culto chato"?

Como já diziam antigamente, são necessárias 20 pessoas para trocar uma lâmpada em uma Igreja tradicional: uma para fazer a mudança, e as outras dezenove para reclamar que a antiga era melhor. Volta e meia, porém, o presbiterianismo me surpreende com modismos que não fazem muito sentido.
É o caso das tais "comunidades presbiterianas", federadas à IPB mas que inventaram um jeito moderninho de ser (e de agir). Reuniões informais travestidas de culto, uso de linguagem extremamente descolada e com uma abordagem direta, e aberta - mas que se esquecem do fundamental: usar a Bíblia como base para tudo, do início ao fim do "evento".
O site Bereianos, que tem muito mais embasamento do que eu para falar, fez excelente matéria a respeito do assunto. Dela, destaco a seguinte citação de Paul Washer: "“[..] àqueles que estão constantemente buscando formas inovadoras de comunicar o evangelho para um nova plateia [seeker-sencitive], faria bem começar e terminar uma pesquisa na…

Oração nº 7

Senhor, dai-me forças para poder me amparar e querer segurar esse choro incontido que tenho dentro de mim.
Senhor, dai-me a sã consciência de poder refletir e de poder saber o que faço, Senhor, nessa vida.
Senhor, dai-me a força suprema de poder resistir às humilhações da vida.
Senhor, dai-me força, coragem, dai-me forças, Senhor, para poder orar, para poder viver, para poder sentir, para poder crescer.
Só tu, Senhor, tens sabido do meu sofrimento, da minha desilusão, do meu grave tormento, dessa grande tristeza que abala essa vida no meu coração.
Só tu, Senhor, tens me dado a verdadeira paz para lutar por mim mesmo e chegar onde cheguei.
Peço-te, ó Deus, que estejas do meu lado, que não me desampares nunca, que estejas junto comigo, que me ajudes a superar essa dor que me destrói.
Peço-te a paz que almejo em todos os tempos da minha vida.
Peço-te o amor, peço-te forças, presença, e luta, e a sabedoria, ó Pai, pois não sou digno de tudo o que me faz.
Mas, ainda assim, necessito de t…